Brazil

Brazil

Tratamento Inovador da Saúde Mental com a Inteligência Artificial

Telemedicina e Inteligência Artificial

Startup utiliza Inteligência Artificial para auxiliar profissionais no atendimento psicológico e se destaca também com serviços online de meditação, além de consultas virtuais nas áreas de medicina e nutrição.  
 Por Jandy Sales  | 6 de junho de 2024

 Foto: Pixabay

O médico Leandro Rubio Faria, formado em 2009 no RJ, complementou sua formação com um MBA em gestão e saúde, oportunidade que lhe proporcionou entender a dinâmica do sistema de saúde privado. Durante esse período, já atuava como médico em um renomado hospital de São Paulo.

Antes mesmo da pandemia, sua incursão no mundo das startups o levou ao Vale do Silício, onde estudou inovação em saúde. A pandemia, por sua vez, acelerou seu projeto de startup, aproveitando a permissão do uso a telemedicina decorrente da Covid-19, um período considerado emergencial para a saúde.

A motivação principal do médico foi o cenário de desinformação sobre a Covid-19, que levou algumas pessoas a sofrerem enfartes em casa por medo de hospitais. A Starbem, sua startup, rapidamente se tornou um dos maiores projetos de combate à pandemia, atendendo cerca de 200 mil pessoas de 88 países.

Como sabemos, a pandemia da Covid-19 trouxe consigo o termo “remoto” para diversas atividades, inclusive a medicina, e a Starbem emergiu nesse contexto, oferecendo atendimento com foco na área de saúde mental. O período de isolamento e as restrições fizeram com que a demanda por esses serviços crescesse significativamente.

Reconhecimento Internacional

No entanto, a startup atraiu a atenção de grandes empresas, como Claro e Ifood Benefícios. Durante o Web Summit no Rio de Janeiro em 2023, Dr. Leandro Rubio foi convidado para integrar a TECHSTARS Toronto, uma aceleradora de startups canadense. Aceitando o convite, ele mudou-se para o Canadá com a família.

A Starbem passou a se destacar ainda mais ao contar hoje com uma equipe de psicólogos, nutricionistas e até mesmo profissionais da área de meditação. Além disso, a startup passou a utilizar um robô de inteligência artificial para oferecer suporte e conversas diárias aos pacientes.

Dr. Leandro Rubio concedeu uma entrevista à revista DISCOVER para falar sobre o trabalho inovador da Starbem e os motivos que têm levado tantas pessoas a buscar seus serviços.

ENTREVISTA

O médico Leandro Rubio e o Tratamento Virtual da Starbem

Leandro Rubio, médico e fundador da Starbem: Mudança para o Canadá com a família após convite de uma renomada empresa investidora em startups digitais bem-sucedidas.
 Revista DISCOVER – Como é feito o atendimento online pela equipe da Starbem?

Leandro Rúbio – A teleconsulta tem até 60 minutos de duração e é realizada pela vídeo chamada dentro do próprio aplicativo, garantindo uma alta segurança nos dados compartilhados.

RD – Qual é o perfil das pessoas que procuram os serviços da Starbem na América do Norte?

LR – A maioria são mulheres entre 20 e 50 anos, já que possuem menos estigmas sobre o tema saúde mental. Mas esse tabu tem diminuído consideravelmente entre os homens nos últimos anos.

RD – E em relação ao atendimento dos pacientes brasileiros?

LR – No Brasil, somos um benefício de saúde digital para empresas. Ou seja, o RH nos contrata para cuidarmos da saúde física, mental e nutricional dos colaboradores. A grande maioria dos nossos clientes são médias empresas, mas já temos algumas grandes como clientes.

RD – Qual é o tipo de problema mais comum que leva os clientes a procurarem a Starbem?

LR – Estresse, dificuldades para dormir, solidão e problemas no relacionamento.

RD – Qual é o diagnóstico mais frequente?

LR – Transtorno de ansiedade e depressão.

 Após conquistar o mercado na América do Norte, a empresa agora mira a expansão do atendimento para clientes europeus, conforme o médico Leandro Rubio.

RD – As pessoas se sentem mais à vontade para falar sobre os seus problemas de forma online ou presencial?

LR – É muito frequente pacientes que desejam somente a abordagem presencial já que a vídeo chamada entrou na rotina da nossa interação com amigos e familiares.

RD – Quantas pessoas foram atendidas pela equipe da Starbem até o momento?

LR – Já cuidamos da saúde mental de mais de dezenas de milhares de pessoas no Brasil e na América do Norte.

RD – A Starbem oferece serviços de medicina, nutrição e psicologia, mas o atendimento é focado na escolha do serviço e necessidade do cliente, correto?

LR – Correto, mas as consultas médicas são exclusivas do Brasil já que as prescrições não funcionam nos Estados Unidos e Canadá.

RD – Após a pandemia, o serviço online continua a ser feito pela empresa ou existe o atendimento presencial?

LR – Somos uma startup 100% digital, proporcionando um atendimento altamente inovador, com preços acessíveis e extremamente humanizado. O nosso paciente está sempre no centro!

 

 O médico e fundador da Starbem, Dr. Leandro Rubio (à esquerda), ao lado do cofundador da startup, Cristiano Kanashiro, e da gerente da empresa no Brasil, Cíntia Ribeiro.  Uma das metas da empresa é expandir os serviços médicos para Europa. 

RD – Como a Starbem se diferencia de outras empresas que também oferecem serviços relacionados à saúde mental?

LR – Possuímos um time completo de profissionais de saúde com alta qualificação e produtos inovadores de inteligência artificial atuando como copiloto dos psicólogos.

RD – Quais os conselhos que o doutor daria para quem superou problemas de saúde mental na pandemia para que continue a levar uma vida saudável?

LR – Sou uma pessoa espiritualizada e acredito que a fé em Deus é um pilar superimportante, além das terapias psicológicas semanais para a manutenção do bem-estar mental, alimentação saudável, atividade física e um sono adequado.

As consultas online da Starbem podem ser agendadas pelo aplicativo Starbem.app.

Os serviços da startup ainda podem ser acessados pelo

https://www.blog.starbem.app/

A Aprovação do Atendimento Médico Remoto

Segundo a Associação Brasileira de Empresas de Telemedicina e Saúde Digital, com a pandemia da Covid-19, os atendimentos médicos virtuais se popularizaram. Entre 2020 e 2021, mais de 7,5 milhões de consultas foram realizadas por telemedicina.

E uma pesquisa da plataforma Conexão Saúde, em parceria com o Datafolha, revelou que a maioria dos pacientes que já fez consulta virtual, 73%, afirmou que buscariam atendimento remoto novamente. O mesmo levantamento também apontou que 71% dos pacientes aprovaram a experiência.

——–

 

*Clique  aqui  e assine nossa Newsletter.

A Edição de Primavera-Verão da revista DISCOVER está disponível em nosso Site:

https://www.magazinediscover.com/discover-digital/

 

 

 

JandySales

Jandy tem experiência em rádio, televisão, jornal e revista. Ele já recebeu três prêmios como documentarista.

Veja também