Canada

Canada

O Futuro do Emprego no Passo Veloz das Mudanças Tecnológicas

Por Hewton Tavares

Ilustração: Por ESB Professional | Shutterstock

Novas perspectivas sobre o futuro do emprego têm chamado cada vez mais atenção no Canadá. Vou abordar neste texto como a tecnologia deve cada vez mais afetar o fluxo imigratório ao Canadá.

Mudanças rápidas no mercado de trabalho

O NOC – National Occupational Classification é um sistema que identifica, classifica e descreve todas as ocupações vigentes no país. Se você não conhece o NOC, acesse: http://noc.esdc.gc.ca/English/noc/welcome.aspx?ver=16.

A versão mais recente do NOC é de 2016. Sua atualização acontece a cada cinco anos, provavelmente por envolver um grande volume de pessoas e recursos.

Na prática, o NOC  influencia uma série de categorias de imigração associadas à classe econômica no Canadá. Os códigos indicam, por exemplo, se certas ocupações estão ativas para imigrantes se candidatarem para residir permanentemente aqui. No entanto, há um descompasso entre os NOCs atualizados pelo governo e as oportunidades que de fato existem no mercado de trabalho. Na realidade, este problema tende a se agravar no futuro pela velocidade vertiginosa das mudanças no mercado de trabalho do Canadá.

Tempo de processamento dos casos de imigração

Se você hipoteticamente se candidatar a imigrar para o Canadá em 2020, seu processo pode ser finalizado apenas em 2022. Por uma série de motivos, é comum que o processo leve mais que tempo que o previsto. E neste meio tempo, um número considerável de profissões deve estar nascendo, se transformando profundamente, ou mesmo morrendo.

Digamos que você esteja num limbo profissional enquanto aguarda a aprovação do seu processo. O tempo de espera pode trazer uma defasagem de habilidades e conhecimentos em uma determinada ocupação, como na área de tecnologia. Se seu caso se enquadrar neste exemplo, você pode aproveitar o meio tempo para conseguir certificações profissionais no Canadá que possam atenuar quaisquer defasagens devido ao processo de imigração.

Ocupações no caminho da automatização

Por Ollyy | Shutterstock

Baseado no relatório “A Revolução da Inteligência”, da empresa Deloitte Canada, algumas profissões mais vulneráveis aos avanços tecnológicos nos próximos anos incluem: cozinheiros, carpinteiros, motoristas de caminhão, seguranças, técnicos laboratoriais, recepcionistas de hotéis, agentes de viagens, atendentes ao consumidor e caixas de bancos. Posso incluir outras ocupações, como é o caso de contadores, corretores imobiliários e gerentes administrativos, por exemplo.

Na realidade, agentes de viagem e caixas de banco já estão sofrendo grande pressão para desaparecerem, mas não necessariamente agora. Há ainda uma grande demanda por motoristas de caminhão no Oeste do Canadá e isto tem forçado empregadores a recrutarem imigrantes com pouquíssima ou nenhuma experiência na área. Esta ocupação também deve ser bastante afetada pela automatização de carros até o fim da década.

Se você é um caminheiro com interesse em permanecer no Canadá, entenda que a sua profissão pode lhe abrir portas com relação à imigração e ao mercado de trabalho canadense em um primeiro momento. Mas esteja ciente que esta ocupação não é promissora a longo prazo. Neste caso, seria ideal começar a pensar sobre como redirecionar sua carreira logo após a imigração.

Flexibilidade

Tenha sempre em mente que mudanças são inevitáveis. Portanto, ser adaptável e aberto aos desafios são qualidades indispensáveis que podem e devem ser usadas naturalmente como vantagens competitivas.

Hewton Tavares

Hewton Tavares é pesquisador com mestrado e doutorado em educação pela Universidade de Toronto. Nos seus quase 20 anos no Canadá, Hewton tem sido um ativo participante dos mais variados projetos profissionais, voluntários e acadêmicos em prol da integração de imigrantes e auxílio a estudantes internacionais e defensor do avanço da justiça social através da educação.

Veja também