Brazil

Brazil

Embratur e Consulado querem aumentar o fluxo turístico entre EUA e Brasil

Diretor-presidente Gilson Machado Neto se reuniu com o cônsul-geral do Brasil em Nova York para fortalecer a imagem do Brasil no país norte-americano

Em missão nos Estados Unidos, o diretor-presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, se reuniu com o cônsul-geral do Brasil em Nova York, o embaixador Enio Cordeiro, nesta segunda-feira (27). Os representantes brasileiros trataram sobre o aumento do fluxo de norte-americanos no Brasil, especialmente pela isenção de vistos, medida tomada pelo governo brasileiro no ano passado.

Isenção do visto 

Para o cônsul-geral, a isenção deverá fortalecer o turismo no Brasil, mas esta não pode ser a única medida apresentada no país norte-americano, o segundo maior emissor de turistas ao Brasil. “Acredito que foi uma grande decisão a medida adotada pelo presidente Jair Bolsonaro, pois gera um fluxo maior de visitantes norte-americanos para o nosso país. No entanto, somente a liberação do visto para os americanos pode não gerar efeitos para o aumento do número de turistas no Brasil. A Argentina, por exemplo, não exige visto de americanos há 20 anos e isso não fez aumentar. Devemos mudar a imagem do Brasil, tanto na parte de violência quanto na parte de conservação ambiental”, alertou.

Planos para  2020

Caminhada na Natureza de Campo Magro – Circuito Verde que te Quero Verde.  Campo Magro – Paraná – Brasil.  Foto: Rubens Nemitz Jr.

O diretor-presidente da Embratur concordou e anunciou: “Entre as metas para 2020, com a nova Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo, está também a abertura de escritórios para ajudar na divulgação do Brasil no exterior. Um deles será nos Estados Unidos, onde há grande fluxo de turistas. Além disso, estamos mudando a forma de divulgação e promoção dos nossos destinos e atrativos turísticos. Antes, o enfoque era no turismo de caipirinha, tanga e favela. Agora é voltado à natureza e ao ecoturismo. Fomos vítimas de fake news sobre o nosso meio ambiente, mas o mundo sabe que a Amazônia está preservada. O Brasil é, inclusive, um dos poucos países com mais de 60% do seu território de florestas em preservação e o mesmo percentual de energia oriunda de fontes limpas. O Brasil está fazendo o seu dever de casa. Na área da segurança, por exemplo, o índice de violência diminuiu 22% no primeiro ano de governo do presidente Jair Bolsonaro”, informou Gilson Machado.

O deputado federal Hélio Lopes (PSL-RJ) acompanhou o diretor-presidente da Embratur na reunião no Consulado-Geral.

Fonte: Embratur

Veja também