Brazil

Brazil

Após mais de 20 anos de negociação, a União Europeia e o Mercosul fecharam um acordo de livre comércio

Brasil prevê acréscimo de US$ 100 bi nas exportações

Após mais de 20 anos de negociação, a União Europeia e o Mercosul fecharam um acordo de livre comércio entre os dois blocos, segundo comunicado conjunto divulgado no dia 28 de junho pelos ministérios da Economia e das Relações Exteriores do Brasil.

O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araújo, à esquerda, aperta a mão da chefe da política externa da UE, Federica Mogherini, antes de uma reunião na sede do SEAE em Bruxelas, na sexta-feira, 28 de junho de 2019. (Olivier Hoslet, Pool Photo via AP).

AUMENTO DO PIB BRASILEIRO

Segundo estimativas do Ministério da Economia, o acordo “representará um incremento do PIB brasileiro de US$ 87,5 bilhões de dólares em 15 anos, podendo chegar a US$ 125 bilhões”, considerando a redução das barreiras não-tarifárias e o aumento esperado na produtividade do país.

O acordo é um marco histórico no relacionamento entre o MERCOSUL e a União Europeia, que representam, juntos, cerca de 25% do PIB mundial e um mercado de 780 milhões de pessoas. Em momento de tensões e incertezas no comércio internacional, a conclusão do acordo ressalta o compromisso dos dois blocos com a abertura econômica e o fortalecimento das condições de competitividade.

Pela sua importância econômica e a abrangência de suas disciplinas, é o acordo mais amplo e de maior complexidade já negociado pelo MERCOSUL. Cobre temas tanto tarifários quanto de natureza regulatória, como serviços, compras governamentais, facilitação de comércio, barreiras técnicas, medidas sanitárias e propriedade intelectual.

Leila Monteiro LIns

Leila has more than 35 years of experience in journalism and marketing. In April 2010, LML launched Discover magazine in Canada.

Deixe o seu comentário!

*

Veja também