Canada

Canada

A VIDA NO CANADÁ – Planejamento

ANO 1 | NÚMERO 1 | 2019

Bem-vindos ao primeiro número da nova seção  “A Vida no Canadá”. 

É com grande orgulho e entusiasmo que a equipe da revista DISCOVER apresenta esta nova seção dedicada à comunidade de língua portuguesa no Canadá e aos interessados em imigrar para o país. Nosso foco será informar, conectar e inspirar.

 

Convidamos os leitores a participarem conosco dessa jornada compartilhando suas experiências de vida e dando sugestões e dicas sobre como se adaptar ao Canadá mais rapidamente.   

5  Cuidados Básicos Antes da Jornada Canadense

Por Hewton Tavares 

 

Foto: Tatsiana Tsyhanova/Shutterstock

Planejamento é fundamental antes de começar a  jornada canadense. Aqui vão dicas de cinco cuidados básicos que você deve tomar antecipadamente:

LÍNGUA:

Familiarize-se com uma das duas línguas oficiais do Canadá. Você pode matricular-se em aulas de inglês e/ou francês e também procurar materiais online que visem o aprimoramento do seu nível de proficiência. Isto não deve só beneficiar o seu processo de imigração, como também facilitar a integração no Canadá como um todo.

 FONTES DE INFORMAÇÃO:

Atenha-se a websites oficiais do governo do Canadá como uma das suas principais fontes de informação. Há representações oficiais em seis cidades brasileiras: Belo Horizonte , Brasília, Porto Alege, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo. Existem também os chamados programas “pre-arrival”, que visam preparar os imigrantes com informações nas mais diversas áreas. O link http://www.cic.gc.ca/english/newcomers/before-services.asp do governo federal possui uma lista de serviços que estão disponíveis após o início do processo de imigração oficial com o governo canadense.

ORGANIZAÇÕES IDÔNEAS:

Na busca de informações online, um grande desafio pode ser tentar identificar organizações sem fins lucrativos idôneas. Portanto, procure logos governamentais ou de fundações que possam funcionar como importantes selos de idoneidade. Outras dica é dar preferência a endereços eletrônicos com atestados de segurança facilmente identificáveis, através da letra “s” em siglas “https”, por exemplo. Você também pode procurar páginas contendo as chamadas “privacy policies” nos sites das organizações.

REFERÊNCIAS: 

nformações conseguidas através dos meios citados anteriormente devem se sobrepor a quaisquer outras vindos de parentes, amigos ou em bate-papos nas redes sociais. Pessoas que fornecem aconselhamento legal sobre imigração sem serem advogados ou conselheiros de imigração certificados por órgãos canadenses devem ser evitadas. Pesquise profissionais qualificados no site: https://iccrc-crcic.ca/find-a-professional-frame/  E antes de fazer uma escolha neste sentido, é  bom ter referências confiáveis também.

CURSOS ONLINE:

E se você depender de conselhos profissionais ou corporações privadas para ter acesso à designações canadenses, o contato inicial e o envio de documentos podem ser feitos bem antes de  conseguir a residência permanente no Canadá. É preciso cautela ao  optar por cursos online sem pesquisar a reputação de instituições de ensino ou a proporção de graduados empregados na área, por exemplo. A verificação de que um curso tem validade no Canadá deve ocorrer antes de se investir tempo e dinheiro.

É importante pesquisar e tentar alinhar a re-qualificação profissional com as condições do mercado de trabalho canadense. Toda jornada canadense bem sucedida começa com um bom planejamento. O planejamento pode ser tão importante quanto a jornada em si.

Hewton Tavares

Hewton é pesquisador com mestrado e doutorado em educação pela Universidade de Toronto.

Deixe o seu comentário!

*

Cancelar Resposta

Comentários sobre este post

  1. Parabéns pela iniciativa, informações muito importantes! Abcs

    Arnon melo
    Reply

Veja também