Community

Brazil & Portugal  

Community

Uma imagem SEMPRE vale mais que mil palavras

Por Bruna Lopes

Para validar a sua sentença de um dia, faça uma breve gravação da última vez que ela conheceu uma pessoa: você lembra do estilo de roupa que ela estava usando ou até mesmo uma roupa? E o corte do cabelo? Como era uma postura? Aposto que no momento que se conhecem, em poucos planos de vida pode-se configurar uma opinião sobre ela. Estou certa?

Sabemos que conviver com uma pessoa que acaba de conhecer e com o que uma primeira impressão pode divergir com uma primeira impressão recebida ou recebida.

Levando esse raciocínio para o mundo corporativo, já que as marcas não possuem uma oportunidade de ganhar uma oportunidade após uma impressão equivocada do seu negócio. Quando um cliente entra em suas redes sociais ou em seu site, ele não se conecta ao que encontramos por ele, embora não possa ser uma nova oportunidade ao seu negócio.

De forma, o que as redes sociais ou o site precisam de um bom tratamento visual para chamar a atenção do seu cliente desde o primeiro momento que ele tem para o contato com a sua marca. O propósito e os valores da sua marca são absorvidos pelo seu público-alvo por meio das imagens que você utiliza na comunicação da sua empresa e isso acontece porque a nossa aprendizagem sobre as pessoas e marcas vem de um processo puramente visual.

Você acha que 83% do aprendizado humano acontece por meio da visão? O que é que existem nos sistemas sociais da sua empresa ou do site precisa de ajuda para o seu público algo importante sobre o seu negócio.

As melhores práticas de comunicação e recursos visuais da empresa, responda as seguintes perguntas:

  • Suas imagens são nítidas? Ou seja, a qualidade está realmente boa para o local que ela está sendo veiculada?
  • Elas são autênticas na representação do que está sendo vendido?
  • O peso do arquivo está correto com o meio de comunicação usado?

Sua empresa já atua conforme as perguntas sugest? Não? → confira até 9 imagens da comunicação da sua empresa:

1 – SUAS IMAGENS PRECISAM DE QUALIDADE E DEFINIÇÃO

As primeiras coisas que você precisa saber são as imagens em alta qualidade e com a perfeita performance com o seu público enxergue melhor o seu trabalho. Preocupe-se com uma nitidez de imagem, quando precisar de elementos para garantir que toda a imagem represente o seu produto ou serviço.

2 – TENHA ATENÇÃO AO PESO DA IMAGEM

Além de boa qualidade, suas imagens também estão com peso correto. Não existe uma regra, mas os sites são acessíveis com menos peso que 100kb, para que o usuário possa abri-las de forma rápida, pelo celular ou desktop, independente da qualidade de sua conexão. Já para redes sociais, o tamanho não importa, pois os próprios programas se encarregam de fazer o peso das fotos, para não atrapalhar a navegação do usuário.

3 – FOTOGRAFE EM DETALHES

O tipo de produto comercializado, em alguns casos, é o trabalho de imagens focadas em detalhes, como as que trabalham com joias, design ou alimentação. Por isso, é fundamental uma busca por um profissional que possa realizar os registros com a perfeição.

4 – HUMANIZE SUAS IMAGENS

Se você trabalha com a prestação de serviços, o uso de fotos de qualidade, faz com que você se destaque em relação às suas clientes, uma boa dica é usar imagens de pessoas reais e que representam uma empresa em funcionamento, como foto de clientes satisfeitos, funcionários ou até mesmo você. Trabalhar com os serviços de relacionamento e empatia e isso pode ser transmitido por meio da humanização em imagens.

5 – SEJA AUTÊNTICO

As propagandas podem ser originais, pois isso transmite a autenticidade. Cuidado para que os registros não sejam aleatórios e sem propósito. As fotos são realmente importantes e de alta qualidade, para que você transmita credibilidade, cuidado e carinho da sua empresa com os seus clientes.

6 – PREOCUPE-SE COM O DIREITO AUTORAL DA IMAGEM

Se você tem interesse em usar as imagens na internet ou de outras pessoas, solicite uma nota antes de colocar no ar. A propriedade intelectual das imagens é do fotógrafo que as registrou. Sempre confira os direitos de uso da imagem, que não tenha sido feito por você, antes de divulgar na sua comunicação.

E se você não possuir fotos próprias? Correspondem então a compra de boas fotos em bancos de fotos, como Shutterstock, Istockphoto, entre outros. Tenha o cuidado de escolher as imagens que realmente representam o biótipo do seu cliente, bem como as imagens que não são falsas, ou seja, que não estão tratadas em excesso.

7 – SAIBA QUAL EXTENSÃO É UM MAIS ADEQUADA PARA CADA MEIO DE COMUNICAÇÃO

Quanto a extensão, é necessário observar o formato estático com o local de inserção da imagem. Para manter a qualidade nas fotos sociais, o ideal é inserir as extensões .PNG e já não é um site, para garantir um peso menor que não atrapalhe a navegação do usuário, o ideal é inserir as extensões .GIF ou. JPEG Há ferramentas online para desviar desses formatos, como https://convertio.co/pt/jpg-png/

8 –  PADRONIZE COMO IMAGENS DA SUA COMUNICAÇÃO

Adquirir também um padrão de imagens como uma identidade visual do seu negócio. Por exemplo: para fazer com que os seus documentos, que estão obedecendo ao mesmo padrão gráfico como fundo, núcleos, etc. Se você, por exemplo, definiu que, como as suas imagens são em preto e branco, obtém-se, então, o que é feito em meios de comunicação.

9 – E PARA FINALIZAR, UMA DICA IMPORTANTE PARA QUE SUAS IMAGENS SEJAM ENCONTRADAS NO GOOGLE!

Utilize uma opção “alt text” para descrever uma imagem no HTML do seu site. Isso permite que a descrição da imagem apareça quando alguém visita o seu site ea imagem não é carregada (o que acontece devido a um problema de conexão, por exemplo). Esta pesquisa não permite nenhum ranqueamento de imagens no Google Imagens, permitindo que a sua foto seja exibida nos resultados das buscas por imagem, além de receber uma pequena identificação do site para o ranqueamento do site no próprio Google.

Bruna Lopes

Bruna é fundadora, Diretora de Criação e CEO da Agência Vetta, consultora de design e marketing digital situada em Belo Horizonte.

Deixe o seu comentário!

*

Veja também