Brazil

Brazil

Brasileiros festejam a Independência também em Toronto

Prefeitura de Toronto reúne brasileiros

José Francisco Schuster | FOTOS Dave Burke

Apesar de estarem tão longe de seu país de nascimento, os brasileiros em Toronto não deixaram de comemorar, mais uma vez, a Independência do Brasil. Em um evento que já se tornou tradicional, o Conselho de Cidadania de Toronto (vinculado ao Consulado), o Consulado-Geral do Brasil em Toronto e a Prefeitura de Toronto se uniram para promover o hasteamento da bandeira brasileira na própria prefeitura, enchendo os brasileiros de orgulho ao verem o seu símbolo tremulando em um local nobre e turístico da maior cidade canadense. O entoar do Hino Nacional brasileiro pelo Quarta Vocal Group, que também cantou o hino do Canadá, foi acompanhado com emoção pelos brasileiros no mezanino externo da Prefeitura.

Eleições

A cônsul-geral do Brasil em Toronto, Ana Lélia Benincá Beltrame, delegou o pronunciamento à cônsul-geral adjunta, Adriana Rodrigues Martins, que recordou a importância dos brasileiros, mesmo estando no exterior, participarem das eleições, que ocorrem em exatos 30 dias, em 7 de outubro. Lembrou que, pelo fato de a comunidade praticamente ter dobrado de tamanho em apenas quatro anos, serão, pela primeira vez na história, transferidas do Consulado para uma escola, a St. Mary’s Catholic Academy. Já a vice-prefeita e vereadora de Toronto Ana Bailão, luso-canadense, observou, em sua alocução, que há eleições municipais no próximo dia 22 de outubro, em mais uma oportunidade para os que adquiriram a dupla cidadania votarem. O ex-deputado federal (MP) Mário Silva, também luso-canadense, idealizador da cerimônia anual, destacou que os brasileiros não devem desanimar com as dificuldades atuais, devendo manter a fé no futuro “de um grande país”.

II Semana do Brasil em Toronto

O evento prosseguiu na rotunda à entrada da Prefeitura, onde o Conselho de Cidadania promoveu a II Semana do Brasil em Toronto, de 1 a 9 de setembro. Como o hasteamento, a Semana também ocorreu em local nobre da cidade, por onde passam todos os que se dirigem aos departamentos da Prefeitura, além de turistas. Ali estavam expostos quadros e fotos de oito artistas:  Bosco Costa, Diogo Neves, Mariana Toptstedt, Maristela Filipov, José Nascimento, Hemetério Neto, Sandro Liberato (foto)  e Selma Abreu. A moda brasileira estava representada através do estilista João Paulo Guedes, enquanto que a literatura teve a presença dos escritores Fabiana Bacchini e Filipe Masetti Leite. Todos receberam uma placa do Conselho de Cidadania, em homenagem à sua participação e seu trabalho.

As obras puderam ser admiradas ao som da MPB de Luanda Jones e Alan Hetherington. Não faltou, ainda, a culinária brasileira, com degustação de gostosuras da Stop BBQ Chicken, de Mr. Paul e da Brazilian Market.  Foi possível ainda ver o documentário comemorativo aos 30 anos de imigração brasileira no Canadá, produzido por Marzio Lorenzo Silva, e uma réplica da placa comemorativa à data, que tem sua original exposta no Museu da Imigração em Halifax, na Nova Escócia.

Homenagem:  14 mulheres de destaque na comunidade

O Conselho de Cidadania preparou, ainda uma homenagem a 14 mulheres de destaque na comunidade, também homenageadas com uma placa, entre elas a editora da revista Discover, Leila Monteiro Lins. Também foram agraciadas a empresária Angela Mesquita, a vice-prefeita Ana Bailão, a deputada federal (MP) Julie Dzerowicz, a editora Isa Melo, Leila Farah (da ONG Ciranda Brasileira), a jornalista  Camila Garcia, a editora Tânia Nuttall, a consultora de imigração Lina Melo, a organizadora do festival BrazilFest Arilda de Oliveira, a presidente da Câmara de Comércio Brasil-Canadá (BCCC) Paola Saad, Valéria Sales (da ONG Abrigo Centre), a editora Regina Fillipov e a escritora Fabiana Bacchini.

Conselho de Cidadania de Toronto

Em suas palavras, os integrantes do Conselho de Cidadania de Toronto, Dolores Gontijo, Arnon Gastaldello Mello e Cristina Tozzi, destacaram que desta vez o órgão, que já teve composições anteriores que se desfizeram, “veio para ficar”. Em um vídeo, destacaram o grande número de resultados de sua gestão. Para o público, ficou um gostinho de ter experimentado uma festividade de Dia da Independência sentindo-se como se estivesse no Brasil, em um evento representativo e emocionante, aliado à tradicional sensação de se dar mais valor ao que se tem somente quando se está longe.

GALERIA DE FOTOS: http://bit.ly/celebrando-a-independencia

José Francisco Schuster

Schuster foi, durante 8 anos, âncora do programa "Fala, Brasil", e agora produz e apresenta o programa "Noites da CHIN - Brasil", na CHIN Radio.

Deixe o seu comentário!

*

Veja também