Canada

Canada

O Canadá expandirá biometria para fortalecer programas de imigração

Por Jandy Sales

O governo do Canadá pretende expandir, ainda este ano, o programa de biometria para todos os estrangeiros que solicitam visto de visitante, permissão de estudo ou de trabalho. A iniciativa exclui os cidadãos americanos e aos requerentes de residência permanente.

Por mais de 20 anos, a biometria – que consiste em impressões digitais e fotografia, tem desempenhado um papel importante no apoio à triagem imigratória e na tomada de decisões no Canadá.

Facilitar visitas e manter segurança

O objetivo do governo é incentivar todos os canadenses a considerarem a importância da expansão da biometria no contexto de ajudar a facilitar a entrada de viajantes com identidades legítimas, evitando fraudes de identidade e mantendo o país seguro.

O Canadá há muito tempo tem uma das taxas mais altas de imigração per capita do mundo e é um destino atraente para imigrantes e visitantes.

O programa inclui a implementação de novos requisitos para solicitantes de imigração, uma rede de serviços de coleta biométrica expandida e a verificação automatizada de impressões digitais nos portos de entrada.

Os canadenses são convidados a fornecer informações sobre novos regulamentos para expandir o programa de biometria do país.
Atualmente, o Canadá coleta dados biométricos dos que solicitam refúgio no país, casos de reassentamento de refugiados no exterior, indivíduos que foram removidos do país e de indivíduos de 30 nacionalidades estrangeiras que solicitam visto de residência temporária, permissão de trabalho ou permissão de estudo.

Expansão da biometria

A expansão da biometria fortalecerá os programas de imigração do Canadá por meio de uma triagem eficaz – ou seja, coleta biométrica, verificação e compartilhamento de informações com os países parceiros.

“Ao expandir nosso programa de biometria, facilitamos a entrada no Canadá e protegemos a integridade de nosso sistema de imigração, estabelecendo com rapidez e precisão a identidade de um viajante. Uma característica fundamental da expansão da biometria é que os residentes temporários só terão que fornecer sua biometria a cada 10 anos”, afirmou Ahmed Hussen, ministro da Imigração, Refugiados e Cidadania do Canadá.

A expansão do programa de biometria canadense está prevista para ser implementada entre os anos de 2018 e 2019.

Mais informações no canada.ca/biometrics.

Jandy Sales

Jandy Sales is a freelance journalist with experience in radio, television, newspaper, and magazine.

Deixe o seu comentário!

*

Veja também