Brazil

Brazil

O diferencial que causa sucesso

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Por Élida Rocha

É comum encontrar cases de empreendedoras que buscam no ramo da estética e saúde a profissão de sucesso. O raciocínio não é errado. A busca pela saúde e bem-estar alimenta um mercado em ascensão que movimenta mais de 38 bilhões de reais por ano no Brasil, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Higiene, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec). De acordo com o IBGE, o mercado de beleza corresponde a 1,8% do PIB Nacional.

Propósito de vida

Mas como na maioria das áreas muitas profissionais não alcançam o objetivo esperado. E é nesse ponto que o nosso case começa a tomar forma. Basta um pequeno detalhe para fazer toda a diferença entre essa linha tão tênue do bem-sucedido e do… (in)sucesso. A personagem de hoje encontrou esse diferencial – ou melhor colocando – o seu propósito de vida – o qual rapidamente se converteu em bons frutos.

Priscila Iwama se dedica a saúde e estética corretiva da mulher há cerca de duas décadas. Casada, mãe da pequena Marcelinha – que em 2015, com apenas 8 meses de idade, – alcançou 4 milhões de visualizações no youtube. Sabe como? No vídeo ela dava sustos no pai que tentava cortar suas pequenas unhas. Veja só: https://www.youtube.com/watch?v=JZmSzXJvAs8.

O sucesso do vídeo veio muito porque gente famosa como o ator americano Ashton Kutcher e a modelo Sofia Vergara compartilharam a imagem nas suas redes sociais, e Marcelinha – ao lado de seus pais – fez verdadeira maratona de entrevistas em sites, revistas e programas de TV.

Significado do vídeo

Qual o objetivo ao postar o vídeo? Levar felicidade para as pessoas! A família já tinha uma causa e Priscila então percebeu que aí poderia estar o detalhe, o diferencial, o propósito para o seu trabalho dar certo.

Formada em Estética pelo Senac, Priscila fez especialização em pré e pós-operatório, dedicando o início da carreira na ajuda de capacitação de equipes em aberturas de novas clínicas, além de ser designer de sobrancelhas. Com o passar dos anos, ela focou em maquiagem de longa duração, iniciando um olhar ainda mais apurado para o bem-estar e saúde do cliente. “O meu objetivo central sempre foi o de realizar um trabalho com total responsabilidade e respeito pelo ser humano. Eu via muitas profissionais oferecendo procedimentos inadequados para as pacientes – ou porque era exagerado para a sua idade, ou porque não resolveria o seu problema -. Eu queria ir na mão contrária. Eu queria gerar um impacto positivo, duradouro e de muita felicidade. E que a partir daí eu colhesse os resultados financeiros”, conta.

Com esse foco em mente, Priscila se capacitou cada vez mais na estética corretiva, tornando-se dermopigmentadora visagista, com certificações nos principais centros de estudos. Em determinado momento de sua carreira, o seu dia-a-dia começou a ser tomado pela micropigmentação. “A busca pelo aprimoramento contínuo me fez ver na técnica uma forma de ajudar ainda mais as pessoas, principalmente as mulheres que sofreram traumas ou venceram uma doença, por exemplo”, fala.

E foi nos sua busca por mais conhecimento e especialização que Priscila desenvolveu a sua própria metodologia de micropigmentação, a “Iwama Sensitive Technique”, voltada para peles delicadas e sensíveis, sem sagramento e, praticamente, indolor. “O meu foco de levar a felicidade mantinha-se firme, mas nada chega sem esforço. Foi preciso estudar muito, prestar muita atenção aos concorrentes para chegar na minha maneira de trabalhar”, descreve.

A importância do reconhecimento

Com a dedicação ao aprimoramento da técnica, Priscila é premiada como um dos dez casos de sucesso, na 14º Jornada de Micropigmentação, pelo trabalho realizado em uma de suas clientes que sofria de tricotilomania – compulsão que faz a pessoa arrancar os pelos da sobrancelha -. “Esse foi um desafio e um resultado brilhante na minha carreira. Além de reconstruir a sobrancelha da paciente eu tinha toda a responsabilidade de estar tratando de uma pessoa que sofria de um distúrbio compulsivo. E pra minha felicidade, com a auto-estima retomada, minha cliente encontrou mais um motivo para curar-se da doença. Eu estava no caminho certo”, relata Priscila.

Novos desafios

Ter contribuído para a cura de uma paciente foi o estopim para Priscila engajar em novos desafios. Ela então iniciou um trabalho focado na ajuda as mulheres que venceram um câncer de mama, levando – por meio da micropigmentação, o complemento para o alcance da auto-estima. E dedicou parte do seu dia para atender gratuitamente mulheres que não poderiam pagar pelo procedimento de micropigmentação nas mamas. “Decidi ajudar as pessoas mais carentes porque ao fim de cada sessão criava-se na sala um ambiente de amor muito profundo, por conta de toda alegria que a paciente transpassava ao ver a sua mama completa novamente e isso não poderia ser restrito a apenas poucas mulheres. Eu queria fazer mais! Porque no final, eu me sinto transformada e confiante de que estou fazendo o que eu vim buscar”, diz a dermopigmentadora.

“Case” Priscila e a agenda internacional

O case chamado Priscila Iwama ainda alcançará voos mais altos. Neste ano de 2018, ela assume uma agenda internacional – começando por Miami, nos Estados Unidos -, ministrando cursos e levando a sua técnica para outras fronteiras.

O que fica de uma história como a da Priscila?

Ter um propósito que faça parte da sua vida – pessoal e profissional – é uma grande fonte de sucesso.

 

Élida Rocha

Élida é fundadora da Una Comunica, Agência de Conteúdo. Jornalista especializada em comunicação estratégica, com mais de 15 anos de experiência no mercado editorial, televisivo e corporativo.

Deixe o seu comentário!

*

Veja também